Categorias
Sem categoria

O fabuloso mercado de games

Da lista de poucos setores que crescem em meio ao coronavírus está o universo de games. Com pessoas quarentenadas em casa, os jogos, que já estavam em uma crescente nos últimos anos, ganham ainda mais tração.

Líderes de crescimento nos últimos anos, os jogos pelo celular ou tablet devem continuar sendo as estrelas. Relatório da consultoria especializada Newzoo divulgado nesta semana projeta que os games para dispositivos móveis devem gerar receita de 77,2 bilhões de dólares neste ano, alta de 13,3% e quase metade de toda a receita do setor. O segmento como um todo deve crescer 9,3%, chegando a uma receita de 159,3 bilhões de dólares, já com projeções incluindo o panorama pós-coronavírus.

quarentena intensificou este cenário. Uma mostra do poderio dos jogos para celular veio nesta quarta-feira, 13, quando a chinesa Tencent divulgou alta de 26% na receita, puxada sobretudo por seu braço de jogos que corresponde a quase um terço do faturamento. A receita atingiu 108 bilhões de iuanes, cerca de 15,3 bilhões de dólares. O lucro foi de 4 bilhões de dólares, também acima das projeções.

A Tencent também é dona do WeChat, um super app chinês que inclui desde mensagens até transferência de dinheiro e, é claro, muitos jogos.

Tencent e Huawei anunciam GameMatrix, um novo Serviço de Streaming ...

A região da Ásia-Pacífico, que responde por 49% da receita global de games, deve seguir sendo uma das propulsoras do setor no mundo e crescer 9,9% neste ano. A América do Norte deve crescer 8,5%, projeta a Newzoo. China e Estados Unidos combinados também representarão 49% da receita.

Mas o crescimento é promissor mesmo em outros mercados. A América Latina deve ter alta de 10,3%, a maior taxa de crescimento do mundo. Mas, ao todo, a região ainda representa só 4% da receita de jogos global. Para o público latino-americano, os jogos mobile são promissores pela alta penetração de aparelhos celulares na comparação com outros segmentos, como consoles, que são menos acessíveis.

Um dos desafios do celular é convencer o usuário a pagar pelo entretenimento, mais do que com ferramentas como computador ou console: só 38% destes jogadores mobile devem gastar com os jogos em 2020. Ainda assim, projeta a Newzoo, a pandemia favorece um potencial maior de engajamento. “Os jogos mobile têm a menor barreira de entrada: mais de dois quintos da população global tem um smartphone e muitos jogos mobile estão lá de graça para ser jogados”, escreve a empresa em um artigo sobre os resultados.

O Duelo de gigantes

A busca pela mina de ouro no setor de games vem atraindo outras empresas fora desse nicho, como as gigantes Amazon, Facebook e Apple. O Facebook lançou neste ano um aplicativo de seu braço de jogos, Facebook Gaming, para transmitir e assistir a jogos na plataforma. A rede social mãe da empresa (que é também dona de WhatsApp e Instagram) já é conhecida por ter jogos mais simples dentro da plataforma. Agora, quer abocanhar também o segmento de streaming no setor.

A Amazon é dona da plataforma de streaming Twitch, já usada por jogadores, mas tenta engrenar na produção de jogos próprios com seu Amazon Game Studios, que vem lançando alguns produtos desde 2014, sem muito sucesso. Mas 2020 promete trazer uma virada: a empresa lança em maio o primeiro jogo do ano, o Crucible. Outro jogo deve ir ao ar no segundo semestre. A empresa de Jeff Bezos também trabalha em uma grande plataforma de streaming para jogos, o Project Tempo.

Na briga das gigantes de tecnologia, a Microsoft, dona do console Xbox, já está com o pé no setor há mais tempo. O principal foco no modelo atual é conseguir dinheiro com serviços de assinatura da plataforma de jogos do Xbox e obter, assim, uma receita recorrente, saindo de um formato em que se vendia a licença de um jogo somente uma vez. A Apple também lançou no ano passado o streaming de jogos Arcade, com mais de 100 jogos disponíveis para dispositivos da empresa, em um modelo similar ao das assinaturas do Xbox.

Outro modelo é a aposta em jogos do tipo freemium, gratuitos para jogar, mas com compras dentro do app. É o formato da Tencent e da brasileira Wildlife, que se tornou unicórnio no ano passado e vale 1,3 bilhão de dólares, sendo lucrativa desde o nascimento — um fato raro para as startups estreladas. A empresa está entre as dez maiores produtoras de games do mundo e tem escritório em quatro países, com menos de 5% dos usuários no Brasil. A Wildlife teve o mérito de entrar no início da ascensão dos smartphones e cresceu com o mercado de games móveis. “Quando começamos, ninguém pensava em jogos para celular”, diz o diretor de tecnologia da empresa, o chileno Michael Mac-Vidar, em entrevista á Exame no ano passado.

Jornal Bom Dia | Notícias | Notícias: carreira-de-desenvolvedor-de ...

Referência: https://exame.abril.com.br/negocios/o-fabuloso-mercado-de-games-que-atraira-27-bilhoes-de-usuarios-em-2020/

Categorias
Sem categoria

Empresas apostam em tecnologias sem toque para o mundo após o covid-19

Achar um papel para não tocar onde vários dedos possivelmente contaminados já passaram ou dispensar a proteção e lambuzar as mãos de álcool em gel logo depois? Para evitar esse dilema, redes de supermercados começaram a substituir botões por tecnologias de aproximação, que excluem o toque. A corrida pela adoção de novas tecnologias se intensificará à medida que as mortes pelo coronavírus no Brasil atingirem novos picos, diz Heitor Salvador, presidente da empresa de segurança corporativa SegurPro.

SEGURPRO é uma das vencedoras do Prêmio Top of Mind 2019 - ABC da ...

Investimentos

Entre as empresas que já investiram em tecnologias sem toque estão a Petrobras e a Vale. A mineradora adquiriu câmeras térmicas capazes de identificar, em um grupo de trabalhadores iniciando um turno em uma mina, um indivíduo com febre. Os equipamentos fazem parte de um lote de 86 câmeras térmicas compradas por R$ 7,5 milhões. As câmeras são capazes de identificar as variações de temperatura – e colorir a silhueta do funcionário potencialmente doente.


A Petrobras trabalha em diferentes frentes. Instalou câmeras térmicas modelos mais simples, que mostram variações de temperatura de profissionais que passam, um a um, por uma catraca e trabalha em várias frentes para ampliar a distância social, principalmente nas plataformas de produção, onde o espaço é limitado. O índice de infecção pela covid-19 nesses ambientes é acompanhado pelo MPT (Ministério Público do Trabalho).

“Isso começa pelas catracas”, diz Dantas. Sem gastar muito, é possível também aumentar a vigilância de determinados comportamentos, como aglomerações de funcionários. “Uma câmera pode ganhar um novo software e ser ‘treinada’ para disparar um alarme para dispersar pessoas”, explica.

Seleção de toque de mão, toque na futura tecnologia abstrata ...

A empresa japonesa de tecnologia NEC já adota, em sua sede, em São Paulo, sistema de identificação facial em que trabalhadores e visitantes são identificados por uma câmera, que libera o acesso ao prédio, sem necessidade de encostar crachá e, quase sempre, a mão numa superfície de uso coletivo.

“Todo mundo vai ter de respeitar. Vamos esquecer hierarquias. O monitor poderá chamar a atenção de qualquer um, até de mim”, disse Pablo Di Si, presidente da Volkswagen na América Latina, durante a série de entrevistas Economia na Quarentena, na semana passada.

E sempre haverá formas de driblar regras, alerta Leonardo Fonseca Netto, diretor da NEC. A câmera que identifica funcionários febris, por exemplo, só é capaz de medir a temperatura no momento em que filma a pessoa.

NEC Brasil (NEC Latin America SA) | LinkedIn

Referência: https://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/empresas-apostam-em-tecnologias-sem-toque-para-mundo-pos-covid-19-10052020

Categorias
Comunicação Tecnologia

Galaxy Z Flip: o novo celular dobrável da Samsung chega finalmente ao Brasil

Escrito por: Vitória Helena

A espera finalmente acabou. Após muitas especulações e rumores a Samsung oficializou o Galaxy Z Flip, seu novo smartphone dobrável, durante o Galaxy Unpacked 2020, em São Francisco (CA). Ele chega com especificações poderosas, duas câmeras traseiras e um design completamente nostálgico e elegante. Em 11 de março teve seu lançamento em sua primeira versão no Brasil custando R$ 8.999.

O novo modelo da samsung contem a primeira tela de vidro dobrável em um Galaxy. Sim, um vidro dobrável. Feito com a tela de vidro ultrafino da Samsung, ele permite uma visão épica com uma tela plana lisa.

Assim como o Galaxy Fold, o Z Flip terá um kit de bateria dupla, com 3.300 mAh. Ele terá um sistema de carregamento de apenas 15W no modo tomada e 9W no modo sem fio. Ou seja, ele não será dos mais velozes, se comparado a alguns outros modelos mais atuais, inclusive, da própria Samsung.

O Galaxy Z Flip já virá equipado com o sistema operacional Android 10, com a interface One UI modificada para dispositivos dobráveis. Ou seja, há alguns recursos exclusivos que utilizam toda funcionalidade de uma tela dobrável.

Um desses sistemas é o Flex Mode. Em parceria com o Google, este recurso possibilita você dividir o smartphone em duas telas de 4 polegadas para que se tenha espaço suficiente para visualizar e interagir com alguns aplicativos. Como por exemplo, será possível ver um vídeo na tela superior enquanto pesquisa por outros vídeos na tela de baixo; ou abrir a galeria de fotos enquanto está com a app de câmera aberto.

Categorias
Sem categoria

COMUNICAÇÃO DURANTE A PANDEMIA

A COMUNICAÇÃO DURANTE A PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS MUDOU BASTANTE. COMO NÃO PODEMOS SAIR DE CASA SEM NECESSIDADE, DIVERSAS TAREFAS QUE FAZÍAMOS NA RUA, ESTÃO SENDO FEITAS EM CASA.

AS PESSOAS ESTÃO MAIS CONECTADAS NA INTERNET, ESTÃO USANDO MAIS AS REDES SOCIAIS. AS PESSOAS ESTÃO POSTANDO MAIS COISAS NAS REDES SOCIAIS, O ENGAJAMENTO FICA MAIOR. ABAIXO VOU CITAR ALGUMAS ESTRATÉGIAS DE COMUNICAÇÃO NAS REDES SOCIAIS:

  • EDUCAR A AUDIÊNCIA: QUANDO VOCÊ POSTA ALGO NAS REDES SOCIAIS, A INTENÇÃO DEVE SER EDUCAR O PÚBLICO SOBRE DETERMINADO ASSUNTO. QUANDO POR EXEMPLO, VOCÊ POSTA ALGO RELACIONADO AO ATUAL MOMENTO QUE ESTAMOS VIVENDO, SUA INTENÇÃO DEVE SER DE AJUDAR AS PESSOAS A COMPREENDER O ATUAL CENÁRIO.
  • POSTAR COM REGULARIDADE: QUANDO VOCÊ COMEÇA A FALAR DE DETERMINADO ASSUNTO EM ALGUMA REDE SOCIAL, VOCÊ DEVE IR ATUALIZANDO AS PESSOAS SOBRE. SENÃO, QUANDO ELAS ENTRAREM NO POST, TEREM A NOTÍCIA COMPLETA.
  • COMPREENDER AS REDES: QUANDO VOCÊ ENTRA EM ALGUMA REDE SOCIAL COM O INTUITO DE INFORMAR AS PESSOAS, VOCÊ DEVE ENTRAR EM VÁRIOS SITES E BLOGS PARA VER A FORMA QUE DE FALAR/ESCREVER. ASSIM VOCÊ NÃO VAI COMETER ERROS, OU ATÉ MESMO SER DESRESPEITOSO.
  • PROCURAR ENGAJAMENTO: TER UM BOM ENGAJAMENTO NÃO É UMA TAREFA TÃO FÁCIL. VOCÊ DEVE FAZER UM CONTEÚDO ATRATIVO, QUE CHAME A ATENÇÃO DO PÚBLICO. QUANDO UMA MATÉRIA TEM UM BOM ENGAJAMENTO, GANHA MAIS CREDIBILIDADE POR PARTE DOS LEITORES. FIQUE SEMPRE ATENTO AS FONTES, SE SÃO CONFIÁVEIS OU NÃO.
  • TER UMA EQUIPE QUALIFICADA: VOCÊ DEVE TER UMA EQUIPE QUE ENTENDA DO ASSUNTO, É POSSÍVEL VER A DIFERENÇA DE UMA MATÉRIA PUBLICADA POR ALGUÉM QUE TEM CONHECIMENTO COM A DE ALGUÉM QUE NÃO TEM. EM TEMPOS COMO OS DE HOJE, É NECESSÁRIO TER ALGUÉM QUALIFICADO PARA GERENCIAR AS SUAS REDES SOCIAIS.

CUIDE PARA NÃO CAIR EM FAKE NEWS, PROCURE A FONTE DA NOTÍCIA, ASSIM VOCÊ NÃO SE PREOCUPA POR ALGO QUE NÃO É VERDADE.

FONTE: https://aurisideiasdigitais.com.br/estrategias-de-comunicacao-nas-redes-sociais-e-a-pandemia-do-coronavirus/

ALUNO: PAULO ESTEVAN FURTADO SOARES

Categorias
Sem categoria

TECNOLOGIA NO MUNDO MUSICAL

O MUNDO TODO ESTÁ PASSANDO PELA PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS. A INDÚSTRIA MUSICAL TEVE QUE SE RENOVAR, E DAR UM JEITO DE CONTINUAR ATUANDO.

DIVERSOS FESTIVAIS DE MÚSICA COMO O COACHELLA, LOLAPALLOZA, E O SHOW DO MC FLY FORAM ADIADOS. UM DOS MAIORES FESTIVAIS DO MUNDO, O GLASTONBURY, FOI CANCELADO. PORÉM, NÃO FOI TUDO QUE FOI AFETADO, QUANDO SE TRATA DA INDÚSTRIA FONOGRÁFICA, ELA VAI BEM.

DIVERSOS LANÇAMENTOS DE ÁLBUNS DE GRANDES ARTISTAS COMO: DUA LIPA, LADY GAGA, THE WEEKND, J BALVIN, E PEARL JAM, SERÃO LANÇADOS EM PLATAFORMAS DE STREAMING. ISSO ACONTECE PORQUE PARA DIVULGAR UM ÁLBUM OU MÚSICA, NÃO PRECISA DE APARELHOS TRADICIONAIS DE DIVULGAÇÃO, COMO TELEVISÃO E RÁDIO.

A música, a publicidade e o modelo de negócios do Spotify - QMK ...

NA MAIOR PLATAFORMA DE STREAMING DO MUNDO, O SPOTIFY, OS ARTISTAS CITADOS POSSUÍRAM RESPECTIVAMENTE 54.685.10 E 52.862.872 MILHÕES DE OUVINTES MENSAIS. LANÇAR UM SINGLE OU UM ÁLBUM NA ÉPOCA EM QUE ESTAMOS VIVENDO PODE RENDER MAIS DO QUE EM TEMPOS NORMAIS, POIS, AS PESSOAS VÃO TER MAIS TEMPO PARA MEXER NO APLICATIVO E OUVIR AS MÚSICAS.

Streaming de música: confira os prós e contras das plataformas ...

A TRISTE ÉPOCA QUE ESTAMOS VIVENDO, NOS ENSINA DIVERSAS COISAS NA SOCIEDADE. MUDOU BASTANTE A NOSSA CULTURA, A INDÚSTRIA MUSICAL MUDOU BASTANTE, DIVERSOS SHOWS AO VIVO ESTÃO ACONTECENDO, OS ARTISTAS GRAVAM DIRETO DE CASA. É UM ENTRETENIMENTO NOVO, E QUE DEVEMOS NOS ACOSTUMAR.

LINK DE REFERÊNCIA: https://www.torredevigilancia.com/como-os-streams-salvaram-a-industria-musical-da-pandemia/

TEXTO DE: PAULO ESTEVAN FURTADO SOARES

Categorias
Sem categoria

Astrônomos podem ter localizado buraco negro mais próximo da terra

Por: Bernardo Copetti – 09/05/2020

Com cinco vezes a massa do Sol, ele está a mil-anos luz da Terra. Sua descoberta pode ajudar a encontrar outros buracos na Via Láctea.
(imagem ilustrativa)


Cientistas do Observatório Europeu do Sul, localizado no Chile, afirmam ter encontrado o que pode ser o buraco negro mais próximo da Terra. Situado a apenas mil anos-luz de distância. Como não é possível fotografá-lo, os astrônomos concluíram que essa é sua localização com base no movimento de duas estrelas próximas.

Os pesquisadores perceberam que as estrelas parecem orbitar algo cerca de quatro vezes maior que o Sol, mas aparentemente invisível. Significando que elas estão girando em torno de uma estrela difícil de se ver ou de um buraco negro.

Primeira foto retirada de um buraco negro.
– 10/04/2019

Encontrar um buraco negro tão próximo da Terra significa que podem haver outros, minúsculos, espalhados pelo universo. Segundo líder do estudo,Thomas Rivinius, a comunidade científica conhece apenas algumas dúzias de buracos negros, mas suspeita que possa haver um bilhão deles na galáxia.

Categorias
Sem categoria

NASA revela imagens de alta definição das tempestades de Júpiter

Engenheiro de software da NASA disponibiliza imagens obtidas pelo telescópio Gemini norte

Por: Bernardo Copetti – 08/05/2020

As imagens são de alta resolução em infravermelho, foram obtidas pelo telescópio Gemini norte, localizado no Havaí e pelo telescópio espacial Hubble, em orbita terrestre. Tais fotografias estão ajudando os cientistas a entender melhor os sistemas climáticos por trás das poderosas tempestades que estão na superfície do planeta.

A ideia dos cientistas é retirar dezenas de fotos em um curto período, destas cerca de 10% serão nítidas, por terem sido capturadas em um momento em que a atmosfera estava calma.

As imagens realçam a Grande Mancha Vermelha de Júpiter, que é um enorme ciclone localizado na atmosfera do planeta. 

Na mancha – que é considerada maior do que a Terra –, há um clima tempestuoso de alta pressão. De acordo com estudos, nessa área são alcançados um pouco mais de 680 quilômetros por hora em alguns pontos das bordas das tempestades que ocorrem no planeta. 

Esta é uma das imagens postada pelo engenheiro de software e coletor de dados do Laboratório de Propulsão de Jatos (JPL) da NASA, Kevin M. Gill.

O ciclone tem cerca de 300 anos de idade, mas alguns pesquisadores apontam que teria mais de 350 anos, se for o mesmo fenômeno descrito por Giovanni Cassini em 1665. 

Ainda não se sabe o motivo de a mancha ser tão vermelha, mas a hipótese é de que a coloração se daria devido à atmosfera espessa e ao coquetel químico concentrado nas nuvens de Júpiter. 

Pesquisadores do JPL também divulgaram a hipótese de a mancha estar diminuindo, podendo até desaparecer completamente nas próximas décadas.